segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Pastel de vento. Oir?

Estávamos conversando bobagens em uma mesa do Shopping Benfica quando um garçom deu um cardápio pra gente. Iríamos devolver porque já tinhamos enchido o rabo no Café Lua. Nisso folheando o cardápio (que era de uma pastelaria) demos te cara com isso:


Perdoem a falta de nitidez. Kelly e eu temos Parkinson.


Tá. De vento. Okay. Tem gente que gosta só da massa do pastel, né? Sei lá. Vai saber. Mas o que nos rebelou foi o precinho do Pastel de Vento:


Kelly diz: De onde vem esse vento? Da Austrália???

6 reclames:

Welton Nogueira disse...

são ventos dos Alpes suíços, considerados os mais fresquinhos do mundo.
adoro!

Kelly disse...

Fabianny, você está a um comentário de ultrapassar a Larys.

Fabianny disse...

aqui os comentaristas não tão aparecendo!

Jul!o disse...

Sei que da messejana é que não foi.

Fabianny disse...

Ultrapassei a Larys!!!!

Rédi Bortoluzzi disse...

Cara... Houve um tempo em que "pastel de vento" era só força de expressão! Maldita pós-modernidade! Daqui a pouco tem "caldo de bila" no cardápio!

Postar um comentário